Biologia

Biologia Geral para Engenharia de alimentos

"They were incredibly small, nay so small, in my sight,
that I judged that even if 100 of these very wee animals
lay stretched out one against another, they could
not reach to the length of a grain of coarse Sand.
"
[Antonie van Leeuwenhoek descrevendo bactérias]

O instrumento de observação do microcosmo: o "occhiolino".
fs36.gif
"é um mamute!" - Lary Garson

Galileu Galilei apelidou seu instrumento de lentes compostas de "occhiolino". Trata-se de uma ferramenta tão corriqueira em nossa prática profissional que não conseguimos abstrair detalhes de seu uso e até possibilidades que passam desapercebidas.

Guia rápido de regulagem.

  1. Checar voltagem do equipamento, ligar à rede elétrica.
  2. Posicionar equipamento na bancada de forma ergonômica. Você deve estar sentado com as oculares a altura dos olhos e cotovelos repousados sobre a bancada enquanto manipula parafusos de focalização e charriot.
  3. Ligar interruptor e aumentar potenciômetro até sua capacidade máxima.
  4. Olhando o microscópio a distância elevar a mesa até proximidade segura da menor objetiva. Atenção: mesmo que seu objetivo seja o de observar em um aumento maior o espécime, deve-se iniciar focalizando seqüencialmente as objetivas da menor para a maior sem pular etapas. Isto é necessário mesmo para o melhor posicionamento da imagem e regulagem inicial do aparelho (condensador, intensidade de lâmpada e diafragma).
  5. Posicionar olhos nas oculares.
  6. Se o microscópio for binocular: regular distância intraocular e ajuste fino da ocular.
  7. Abaixar a mesa com o parafuso macrométrico até encontrar o foco. Caso não encontre até o fim do parafuso, repetir novamente a partir da etapa 4.
  8. Ajustar foco com parafuso micrométrico.
  9. Ajustar condensador até encontrar o melhor detalhamento.
  10. Ajustar diafragma (fechando) até que o limite da imagem do campo.
  11. Reduzir intensidade do potenciômetro de acordo com a necessidade.
  12. Explorar campo.
  13. Passagen para próxima objetiva.
  14. Retornar ao passo 8.
  15. Se houver objetiva de imersão esta NÃO pode ser utilizada sem óleo de imersão porque esta foi desenhada para o índice de difração específico do óleo. Sem ele não haverá imagem nítida e o risco de dano é grande. No caso anterior desloque o revólver (onde as objetivas estão conectadas) de forma intermediária entre a objetiva anterior e a de imersão e adicione uma gota de óleo de imersão sobre a lamínula.
  16. Conclua o deslocamento do revólver até o clique da objetiva de imersão. Não se assuste, ela fica mesmo muito próxima da lamínula.
  17. Tenha parcimônia em seu uso do charriot e do parafuso micrométrico porque o óleo pode se desprender do espaço entre objetiva e espécimen e impedir focalização induzindo ao erro de exagerar no micrométrico e quebrar lâmina/objetiva.
  18. Terminando limpe delicadamente a objetiva com a mistura de álcool/éter e eventuais pingos na mesa e retorne o microscópio para permanecer com a mesa completamente abaixada com a menor objetiva engatilhada. Diminua o potenciômetro e desligue o aparelho. retire da tomada e volte-o a posição inicial lembrando de cobrí-lo.

Links sobre microscópios

flickr:2763665612
Desenho do livro de Robert Hooke Micrographia 1665]

Filmes de observações microscópicas
Livro completo (2 volumes) do alemão Johan Franz Griendel (1665) com imagens fantásticas de observações além de descrição de seu microscópio.
Um blog com registros do desenvolvimento do aparelho.
Registros de antigos microscópios.
Microscópios virtuais (diversos tipos) em aplicativos java.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License